São Caetano reage, mas não impede rebaixamento no Paulista

Depois de apresentar uma campanha extremamente frágil no Campeonato Paulista, o São Caetano terminou a sua participação na competição contra o São Paulo nesta quarta-feira, no Anacleto Campanella. O empate serviu ao visitante, quem se classificou para a próxima fase. Contudo, o pontinho conquistado rebaixou a equipe de Pintado para a Série A2.

Em mais uma atuação fraca, o tricolor paulista se garantiu nas quartas de final, onde enfrentará o Ituano, líder do grupo D e possuinte de dois goleadores: Martinelli e Morato, vice-artilheiro e quinto colocado na estatística, respectivamente. Mesmo sendo o “grande” que se classificou, os comandados de Vagner Mancini não devem ser favoritos no confronto deste domingo.  A primeira partida será na capital.

A equipe do ABC continha uma estratégia de atacar pelos lados, principalmente pela esquerda, onde apenas uma jogada funcionou efetivamente. Esse aproveitamento mostra a discrepância entre o Azulão e as outras equipes de seu grupo. O terceiro colocado do grupo A, Ponte Preta, teve mais que o dobro de pontos. RB Brasil e Santos completam o grupo, com 27 e 23 pontos, respectivamente.

Além da má fase, Mancini instalou uma crise com o goleiro reserva Jean. (Foto: Divulgação)

Era o “jogo da vida” para ambas as organizações. O São Paulo precisava vencer para se garantir por conta própria na fase seguinte. Pintado queria os pontos e, mesmo assim, precisaria torcer por combinações de resultados para se manter na elite paulista. Porém, parecia o jogo de duas equipes já rebaixadas. Eram poucos lampejos, como os de Igor Gomes, Capa e Esley, quem teve a melhor chance antes do intervalo, mas parou em Tiago Volpi.

Mesmo com as trocas, Mancini não teve nenhuma melhora significativa. Eram finalizações sem direção ou não apresentavam perigo, fáceis para Luiz Daniel. Tanto que a única bola a estufar as redes azuis foi de Antony, quem contou com desvio no caminho. O garoto foi o grande nome do segundo tempo em São Caetano. Com a vantagem, o São Paulo recuou, dando espaço ao time mandante. Depois de pressionar, Pablo recebeu na entrada da área e emendou um balaço na bochecha da rede, sem chances para Volpi.

Pablo comemora o gol que empatou a partida, mas não o suficiente para manter o Azulão na elite.(Foto: Divulgação/Globo Esporte)

Mesmo querendo aprontar uma virada nos minutos finais, não houve mudanças no placar. Com o empate, caminhos distintos foram traçados: o tricolor avança para as quartas de final, não por mérito, mas graças ao empate entre Oeste e Mirassol que impossibilitou Itápolis de comemorar a vaga. O São Caetano precisava vencer e torcer para o Bragantino perder, o que aconteceu, mas não foi capaz de realizar sua própria tarefa de vencer no Anacleto.

O próximo compromisso do São Caetano é apenas no dia 5 de maio, quando estreia na Série D diante do Caxias, no Sul. O São Paulo recebe o Ituano no Morumbi neste domingo.

 

 

 

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: