Audiência contra cassação de Átila marcada para hoje pode ser adiada

A análise para anular o pedido de Impeachment do prefeito Átila Jacomussi, junto ao TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) será adiada.

O Presidente da Câmara de Mauá, Vanderley Cavalcante (Neycar), tende a transferir a apreciação da solicitação para o mês de agosto. Ele protocolou nesta semana que havia um grande risco de falha processual, tudo porque a Câmara de Mauá não era citada no processo, apenas o vereador, como presidente do legislativo.

 


Átila contestou o Impeachment tomando como base a vacância do cargo exercido.

No mês de abril, os vereadores entenderam que Átila teria violado a Lei Orgânica do Município, e que ele havia se afastado de suas funções por mais de 15 dias sem comunicar a Câmara de Mauá.

Podemos lembrar que Átila estava ausente por motivo de força maior, estava preso no âmbito da Operação Trato Feito, segunda operação, resultado da anterior (Prato Feito); desta forma sendo acusado de desviar recursos públicos e pegar Mensalinho para parlamentares.

 

O prefeito cassado perdeu em primeira instância, desta forma, recorrendo ao TJ-SP.

Hoje a cidade de Mauá é administrada por Alaíde Damo.

 

 

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: