Com governo Orlando Morando, Central de Trabalho e Renda recoloca 5.750 pessoas no mercado

Um dos itens prioritários do planejamento de ações em São Bernardo, a geração e manutenção de empregos apresenta um balanço positivo no que compete à participação direta do Poder Público. Trata-se da Central de Trabalho e Renda (CTR), que, a partir do governo Orlando Morando, passou por uma ampla reestruturação e reorganização administrativa. Em exatos 27 meses de trabalho, a agência intermediou o preenchimento 5.750 vagas de emprego.

O local – situado na Rua Marechal Deodoro, 2.316, Centro –, tem superando em larga escala os balanços dos anos anteriores. Ao todo, foram recolocados no mercado 2.000 pessoas em 2017, 2.769 em 2018, e de janeiro a março deste ano, 981. Em 2016, sob gestão da antiga Administração, o balanço ao longo de todo o ano foi de apenas 873 vagas preenchidas.

FUNCIONALIDADE – As vagas do CTR são atualizadas semanalmente e publicadas no site da Prefeitura. As vagas oferecidas possuem especificações e determinações da empresa solicitante, cabendo ao CTR a divulgação e encaminhamento para a entrevista.

IMPORTÂNCIA – O operador de empilhadeira, Reginaldo Bandeira de 41 anos, é morador do bairro Ferrazópolis e ficou desempregado por três meses no ano passado. Após se cadastrar no CTR, foi encaminhado para uma empresa, onde está registrado há nove meses.

BONS NÚMEROS – De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia, São Bernardo apresentou saldo positivo de 2.983 contratações no acumulado de fevereiro de 2018 e o mesmo mês deste ano. O setor que mais contratou no período foi o de serviços, com 4.505 novos postos de trabalho. O saldo é um dos maiores da região do Grande ABC.

Serviço: O CTR de São Bernardo fica na Rua Marechal Deodoro, n° 2.316, Centro. Para se cadastrar é necessário apresentar os seguintes documentos: Carteira de Trabalho, RG, CPF e PIS.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: