Conta de luz mais cara: veja dicas práticas para economizar

A Aneel anunciou que as contas serão reajustadas pela bandeira tarifária vermelha, com custo de R$ 4 a mais para cada 100 quilowatts/hora


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que as contas de luz do mês de agosto serão reajustadas pela bandeira tarifária vermelha, com custo de R$ 4 a mais para cada 100 quilowatts/hora consumidos (kWh).

Para que a despesa não estoure o orçamento, a dica é economizar no que puder. São medidas simples e que devem se tornar hábitos.

Uma dica importante é acompanhar a evolução dos gastos de energia na conta de luz.

Se tem modelos antigos de eletrodomésticos, como geladeira, vá economizando para poder comprar modelos mais novos e econômicos, que são identificados pelo selo Procel. A nota A representa o menor consumo de energia e a letra E, o consumo maior.

Veja estas dicas da Aneel, Idec (Instituto de Defesa do Consumidor), Proteste e Instituto Akatu:

Chuveiro elétrico

  • Tome banhos mais curtos, de até cinco minutos
  • Selecione a temperatura morna no verão
  • Desligue o chuveiro enquanto se ensaboa ou lava os cabelos. Numa casa, os banhos com chuveiro elétrico são um dos maiores gastos com energia elétrica. Um chuveiro gasta a mesma energia que 54 TVs ligadas ao mesmo tempo
  • De acordo com o Instituto Akatu, se cada um dos brasileiros diminuísse em apenas 1 minuto o seu tempo diário de banho no chuveiro elétrico, a energia economizada em um ano equivaleria a mais de 10 dias de operação da usina de Itaipu, a maior usina hidrelétrica do Brasil, em sua geração máxima

Geladeira

  • Só deixe a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário
  • Não coloque comida quente na geladeira
  • Deixe espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos
  • Descongele a geladeira e verifique as borrachas de vedação regularmente
  • Não coloque a geladeira muito perto da parede ou próxima a aparelhos que produzam calor, pois o calor externo, mesmo com a geladeira fechada, faz com que o aparelho tenha que trabalhar mais e gastar mais energia para manter-se em temperatura baixa
  • Ajuste o termostato de acordo com os alimentos armazenados. O ideal é que a temperatura fique entre 3ºC e 5ºC, mas há alimentos que necessitam de maior refrigeração
  • Não forre as prateleiras com plásticos ou outros materiais
  • Não deixe formar muito gelo. Dois milímetros de gelo são capazes de aumentar em 10% o consumo de energia. Faça o degelo toda vez que a camada de gelo estiver com a espessura de um dedo
  • Nunca seque roupa atrás da geladeira, pois o motor do aparelho não foi feito para isso e vai desperdiçar energia.
Micro-ondas
  • Sempre que possível, utilize o fogão o gás
  • Se vai comprar um micro-ondas, escolha um sem grill, que é mais econômico.
  • Mas se seu micro-ondas já tem grill, evite usar essa função

Iluminação

  • Utilize iluminação natural ou lâmpadas econômicas
  • Apague a luz ao sair de um cômodo
  • Pinte o ambiente com cores claras
  • Substitua as lâmpadas incandescentes e fluorescentes por lâmpadas de LED. Esse tipo de lâmpada dura em média 16 anos, cinco vezes mais que uma lâmpada fluorescente compacta e consome metade da energia.


Televisão

  • Não deixe a TV em modo stand-byacostume-se a desligá-la no botão “power”
  • Se você tem o hábito de dormir assistindo televisão, programe o timer, que desliga automaticamente a TV no tempo programado

Computador

Getty Images
  • Desligue o computador quando ele não estiver em uso. Muita gente tem o hábito de deixar o computador de casa ou da empresa ligado ininterruptamente, às vezes fazendo downloads, ou, simplesmente, por comodidade.
  • A recomendação é desligar o computador sempre que for ficar mais de 2 horas sem utilização.
  • O monitor deve ser desligado a partir de 15 minutos sem utilizar.
Ferro de passar
  • Junte roupas para passar de uma só vez
  • Separe as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura
  • Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa
  • Se possível, pendure em cabides as camisetas, camisas e blusas penduradas para que elas sequem e desamassem naturalmente. Dependendo do tipo de tecido, a peça pode até dispensar o ferro de passar e ir direto ao guarda-roupa

Máquina de lavar e secadora

  • Acumule roupa suja. Só utilize a máquina de lavar roupas na capacidade máxima especificada pelo fabricante. Assim você economiza energia e água
  • Deixe a secadora somente para os tempos muito frios e úmidos
  • Se sua lavadora tem aquecimento, utilize-o apenas quando a roupa estiver muito suja. Temperaturas mais altas consomem mais energia

Ar-condicionado

  • Não deixe portas e janelas abertas em ambientes com ar-condicionado
  • Mantenha os filtros limpos
  • Diminua ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar-condicionado
  • Coloque cortinas nas janelas que recebem sol direto
  • Quanto mais potência tem o aparelho, mais ele gasta energia

Secador de cabelo

  • Enxugue bem o cabelo antes de usar secador ou chapinha, pois estes aparelhos consomem bastante energia. Se quer economizar, seque bem o cabelo com a toalha antes de usá-los.

Pia

  • Economize na água quente para lavar a louça. Prefira água fria para ensaboar pratos e copos e deixe a água quente para o enxágue
  • Além disso, peça que um eletricista verifique a potência da torneira e a ligação elétrica, para que não haja um sobreaquecimento da tomada em que está sendo usada

Aquecedor

  • Segundo a Aneel, os aquecedores de ambiente estão entre os maiores consumidores de energia elétrica no inverno: nessa estação, ele pode ser o responsável por um terço do gasto de eletricidade doméstico. Por isso, evite deixar o aquecedor ligado por longos períodos e utilize-o apenas enquanto estiver no ambiente. O ideal é ligá-lo até o cômodo ficar aquecido e depois desligá-lo. Certifique-se de que não há corrente de ar no ambiente, para que o ar quente do aparelho não escape

 

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: