Estrutura da Casa Abrigo é mantida mesmo com revisão do orçamento e readequação dos gastos do Consórcio

O novo modelo de gestão do Consórcio Intermunicipal Grande ABC vai preservar o funcionamento do Programa Casa Abrigo, mantido pela entidade regional. Em reunião com representantes da Frente Regional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, o secretário-executivo da Consórcio, Edgard Brandão, ressaltou a continuidade da iniciativa que já protegeu 1.150 mulheres das sete cidades da região desde sua criação, em 2003.

Durante o encontro, as representantes da Frente Regional solicitaram informações sobre a manutenção do programa Casa Abrigo diante da revisão do orçamento do Consórcio neste ano e a readequação de gastos. A Assembleia Geral de prefeitos aprovou, em fevereiro, a diminuição do repasse dos municípios de 0,17% para 0,15% da receita ordinária líquida.

Brandão informou que eventuais ajustes fazem parte dos esforços para equalização financeira da entidade, conforme determinado pelo colegiado de prefeitos. No entanto, a estrutura e a qualidade do Programa Casa Abrigo serão mantidas, assim como a capacidade de atendimento de 40 pessoas nas duas casas em que a iniciativa é realizada atualmente.

Participaram da reunião Claudia Batista, Cristina Pechtoll, Dulce Xavier, Nadir Maria Jesus, Ivone Patriota e Malu Canale. Representando o Consórcio, também participaram o diretor jurídico, Eduardo Moura, e a coordenadora de Programas e Projetos Maria Gracely Batista Marques, a Graça.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: