iPhone 2020: banco dos EUA estima chegada de quatro celulares diferentes


A Apple pode lançar quatro modelos de iPhone em 2020, segundo análise do banco de investimentos JPMorgan Chase. Os celulares teriam suporte à rede 5G, usariam telas de vários tamanhos e tecnologia OLED, além de contar contar com uma nova tecnologia 3D no sistema de câmeras, relacionada sobretudo a usos de realidade aumentada. O relatório do banco traz apostas feitas por analistas, que levantam informações de bastidores para instruir clientes no sentido de que façam os melhores investimentos no mercado de ações.


O documento detalha os futuros iPhones de 2020 mais a fundo. A linha seria apresentada no já tradicional evento da Apple em setembro. Seriam telefones com três diferentes tamanhos de tela: 5,4 polegadas, 6,1 polegadas e 6,7 polegadas. Todos teriam painel OLED e o já mencionado suporte a 5G.

O trio formaria a linha principal de iPhones, reservando ainda espaço para um aparelho menor e com perfil de entrada. Ele poderia ter tamanho parecido com o do iPhone 8, mas sem tela OLED e 5G. Vale lembrar que a Apple já faz algo do gênero com o iPhone XR, único do portfólio mais atual que não usa display OLED.


Segundo a análise, dos três iPhones principais, ao menos dois teriam sensores de imagem 3D do tipo ToF para detectar com grande precisão distâncias e profundidade de campo em fotografia, mas também em experiências de realidade mista. Hoje em dia é possível encontrar o recurso em smartphones como o Huawei P30 Pro, cuja câmera rendeu muitos elogios na análise do TechTudo.

O tom da análise também é otimista e acredita que a Apple venderia algo em torno de 195 milhões desses iPhones, sobretudo impulsionada pela adoção das redes 5G, num ganho expressivo frente aos 180 milhões de unidades projetadas para 2019.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: