Justiça federal põe fim ao auxílio-mudança pago à políticos

O juiz da Vara Federal Cível e Criminal de Ituiutaba, MG, determinou a suspensão do pagamento do auxílio-mudança para deputados e senadores, além e obrigar a devolução dos políticos que há receberam o bônus.

Os deputados Vicente Paulo da Silva (PT), Vicentinho, e Alex Manente (PPS) obtiveram o valor de R$ 33,7 mil, respectivo ao auxílio.

O Decreto Legislativo nº 276/2014 estabelece que deputados e senador têm direito a um salário adicional para custear despesas como mudança e transporte, ao fim do mandato.

Os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e do Senado Federal, Eunicio Oliveira (MDB), autorizaram a quantia aos parlamentares. Porém, Maia já recorreu da decisão.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat