Na reta final das obras da ponte de Santa Teresinha, avenida dos Estados será parcialmente interditada

Um trecho da avenida dos Estados, em Santo André, ficará fechado no próximo final de semana (6 e 7/4), no sentido Mauá, para a execução do alteamento em 1,5 metro das pistas da via. A intervenção faz parte da construção da nova ponte sobre o rio Tamanduateí, em Santa Teresinha. A obra, que entra na sua reta final, é realizada pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André).

O bloqueio será entre as rotatórias da avenida da Paz e de Santa Teresinha, na altura do Sesi, a partir das 7h, tanto no sábado (6) quanto no domingo (7), podendo se estender até as 18h. Nesta fase da intervenção, o Semasa vai elevar um trecho de 180 metros da avenida, o que é fundamental para que os veículos e pedestres tenham acesso à nova travessia do Tamanduateí.

Trânsito – O Departamento de Engenharia de Tráfego (DET) vai prestar apoio na interdição na avenida dos Estados, na pista sentido de Mauá, durante os dois dias das obras. Serão colocadas faixas e placas informativas com agentes de trânsito em pontos estratégicos dos desvios para garantir a fluidez do trânsito. Ajustes nos tempos semafóricos também serão aplicados.

O DET montará desvios durante as intervenções. O motorista que vem do bairro Santa Teresinha deverá acessar a rua Varsóvia, avenida da Paz, viaduto Juvenal Fontanella, avenida Industrial, viaduto Castelo Branco e o acesso para a avenida dos Estados no sentido Centro. Para quem vem de São Paulo e São Caetano do Sul, deverá desviar pelo viaduto Juvenal Fontanella, avenida Industrial, viaduto Castelo Branco e acessar novamente a avenida dos Estados.

Vazão – A nova ponte da avenida dos Estados está sendo construída na mesma região onde existia uma antiga estrutura, que precisou ser demolida em 2017 após forte chuva que atingiu Santo André. A passagem em obras fica na direção da rua Bartolomeu de Gusmão e seus acessos cruzarão a praça Samuel de Castro Neves. A ponte terá 26 metros de extensão e três faixas de rolamento, com 3,50 metros de largura cada, além de passagem de pedestre.

A necessidade da elevação da pista da avenida também ocorre porque a nova ponte será mais alta que a anterior, se adequando à atual vazão do rio e ao sistema de drenagem da região, que está sendo refeito.

As obras da nova ponte começaram em setembro de 2018 e a previsão é entregá-la até o final de abril.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: