Orlando Morando autoriza construção de 124 unidades habitacionais na Vila Esperança

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, autorizou na noite desta terça-feira (05/02) a retomada das obras do Conjunto Habitacional Vila Esperança, no bairro Montanhão. A assinatura da ordem de serviço marca a retomada da segunda fase do projeto, que englobará serviços de infraestrutura e urbanização, além da produção de 124 unidades habitacionais, verticalizadas e sobrepostas, e implantação de noves boxes comerciais, com investimento total de R$ 25,1 milhões oriundos do Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC) do governo federal.
A obra irá beneficiar famílias provenientes de áreas de risco da Vila Esperança, do alojamento provisório José Fornari, e do assentamento precário da Pedreira, previamente cadastradas junto à secretaria de Habitação. O escopo inclui ainda ações de recuperação de áreas degradadas, requalificação das áreas verdes, criação de áreas de lazer e estabilização geotécnica. Além do início da construção das unidades da segunda fase do projeto, a Prefeitura também contemplará as 68 famílias já residentes nos apartamentos concluídos na primeira fase, com as escrituras dos imóveis, além de obras de infraestrutura condominial para individualização da medição de água.
ACELERANDO PROJETOS HABITACIONAIS
Com a entrega de 32 unidades habitacionais do Condomínio Nova Tulipa, na primeira quinzena de janeiro, a Prefeitura deu início a uma nova etapa de entregas e retomadas de obras na área habitacional. No último dia 30, foi a vez da entrega de mais 36 apartamentos na Rua Padre Léo Comissari, no Jardim Silvina.
Além disso, a Prefeitura está dando andamento à construção de novos projetos habitacionais, como o residencial Independência, no Montanhão, que conta com 420 unidades, divididas em dez blocos, em condomínio fechado, destinadas ao atendimento de famílias enquadradas na Faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida. Na área habitacional, também já foram regularizamos um total de 13 núcleos entre 2017 e 2018, beneficiando cerca de 5,3 mil famílias. Em 2019, outras 5 mil famílias serão contempladas com as escrituras de suas moradias.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: