Pastor acusado de pedofilia responde em liberdade

naom_577f819e694cfDa redação

O pastor Felipe Heiderich, acusado de crime de pedofilia contra o enteado de 5 anos, vai responder em liberdade. Ele se encontrava em sistema de prisão temporária e como o MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) não pediu a conversão em prisão preventiva o pastor será liberado.

Felipe Heiderich, está proibido de se aproximar da mulher, a pastora Bianca Toledo e do filho dela de 5 anos. Felipe também será monitorado por tornozeleira eletrônica.

Felipe estava preso na Cadeia Pública José Frederico Marques (Bangu 10), no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: