Prefeito Orlando Morando entrega novo Caps Farina e reforça rede de atenção psicossocial em São Bernardo

O maior Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de São Bernardo, unidade Farina, localizado no bairro Nova Petrópolis, foi inaugurado nesta quarta-feira (24/04) pelo prefeito Orlando Morando, depois da retomada de obras em 2017, então paralisadas pela gestão anterior.

Em novo endereço, o espaço será especializado no acompanhamento de pacientes com mais de 18 anos que apresentam transtornos mentais graves e persistentes. O serviço será “porta aberta”, com horário de atendimento das 7h às 19h e regime 24h para os pacientes fixos. A expectativa é atender cerca de 2,5 mil pessoas a cada mês.

Para oferecer melhores condições de tratamento, a estrutura de atendimento foi transferida de imóvel alugado na Rua Vicente Galafassi, 110, na Nova Petrópolis, para prédio municipal na Avenida Wallace Simonsen, 1900, no mesmo bairro – distância inferior a 1 km do antigo endereço. O equipamento está localizado nas proximidades do parque Chácara Silvestre, onde os pacientes poderão fazer atividades de lazer durante o dia. A unidade é atendida por 11 linhas de ônibus, facilitando o acesso de quem vem de bairros adjacentes.

O novo imóvel possui área de 2.680,00 m², dispondo de seis salas de atendimentos individuais, duas salas de atendimento coletivo, enfermaria, posto de coleta de exames, quatro dormitórios com dois leitos e banheiro adaptado, além de sala de jogos, sala de convivência, sala de reuniões para 30 pessoas, cozinha, refeitório e estacionamento. O investimento na obra foi de R$ 2,32 milhões, com recursos do Ministério da Saúde.

O Caps Farina fará o atendimento de pacientes encaminhados pela UPA São Pedro, UBS São Pedro, UBS Parque São Bernardo e UBS Farina. Ao todo, serão 35 funcionários, entre médicos psiquiatras, psicólogos, assistente social, terapeuta ocupacional, monitor de oficina terapêutica, equipe de enfermagem e profissionais administrativos.

Rede de Atendimento Psicossocial – O município dispõe de nove Centros de Atenção Psicossocial: Caps III Alvarenga, Caps III Álcool e Drogas Alvarenga, Caps III Álcool e Drogas Centro, Caps III Álcool e Drogas Infanto-juvenil, Caps III Centro, Caps III Silvina, Caps Infantil e o Caps III Rudge Ramos. Juntas, as unidades realizam cerca de 4,5 mil atendimentos por mês.

Ao todo, a cidade conta 460 profissionais de atenção psicossocial, sendo 32 psiquiatras, 17 psicólogos, além de terapeutas ocupacionais, monitores de oficina terapêutica, acompanhantes terapêuticos, assistentes sociais, entre outros. Todas as 34 Unidades Básicas de Saúde (UBS) possuem atendimentos psicológicos e atendimento psiquiátrico, através de matriciamento, realizado por médicos generalistas.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: