Prefeitura de São Bernardo fortalece a conscientização sobre o Autismo

Em ação alinhada ao “Dia Mundial de Conscientização ao Autismo” – celebrado no dia 02 de abril – a Prefeitura de São Bernardo realizou, ao longo desta semana, de segunda a sexta-feira (01 a 05/04), programa de conscientização e orientações sobre a síndrome. Palestras, rodas de conversa, um picnic e uma passeata foram ofertadas aos pacientes e familiares que são atendidos no Centro Especializado em Reabilitação (CER) e no Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPS I).

O autismo é um transtorno que afeta o sistema nervoso e prejudica a capacidade de comunicação e interação.  Segundo dados da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), 1 a cada 160 crianças é diagnosticada com a síndrome. São Bernardo realiza cerca de 3.700 atendimentos por mês no CER e no CAPS I com pacientes autistas.

Apoio que a pequena Giovana de 5 anos encontrou no grupo “Vir a Ser”, do Centro Especializado em Reabilitação. Na unidade, a paciente é assistida por uma equipe multiprofissional, composta por médicos, psicólogos, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais, enfermeiros, técnicos de enfermagem, entre outros. Bem como os demais pacientes do espaço.

Estrutura e investimentos – São Bernardo conta com uma ampla rede de saúde mental, composta por nove Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), oito residências terapêuticas, uma unidade de Pronto Atendimento Psiquiátrico, um Núcleo de Trabalho e Arte (Nutrarte) e o programa “Remando Pela Vida”. Por mês são realizados, em média, 16 mil atendimentos.

Ao todo, a cidade conta 460 profissionais sendo 32 psiquiatras, 17 psicólogos, terapeutas ocupacionais, monitores de oficina terapêutica, acompanhantes terapêuticos, assistentes sociais entre outros. Além disso, todas as 34 Unidades Básicas de Saúde (UBS) possuem atendimento psicológicos e atendimento psiquiátrico, através de matriciamento, realizado por médicos generalistas.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: