Prefeitura de SBC oficializa a permissão de uso do Teatro Martins Pena à Corporação Musical Carlos Gomes

Com o intuito de promover a difusão da música clássica e incentivar os grupos locais, a Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Cultura e Juventude, oficializou na noite da última segunda-feira (13) a permissão de uso do Teatro Martins Pena para a tradicional Corporação Musical Carlos Gomes.

Inserido no calendário de festejos do aniversário de 465 anos da cidade, o ato contou com a presença do prefeito Orlando Morando, do secretário de Cultura e Juventude, Adalberto Guazzelli, o diretor da corporação musical, Marcos Shiguetashi da Cunha, demais autoridades e músicos.

Composta por 21 músicos, a Corporação Carlos Gomes foi fundada em 1924 por músicos da extinta Banda Progresso e está até hoje na ativa. Trata-se do grupo musical de maior destaque em São Bernardo, na primeira metade do século XX. Sob regência do maestro Atílio Mieli, a banda era presença constante em quase todos os eventos musicais da época, tocando marchas, dobrados, valsas e choros.

Nos anos de 1940, a Corporação teve participação ativa no movimento emancipacionista, na qual destacou-se o músico João Gomes, que compôs a melodia do que se tornaria o hino oficial de São Bernardo, cuja letra foi composta pelo ex-prefeito Wallace Simonsen.  Em 94 anos de história, a Banda Carlos Gomes contou com os seguintes maestros: Atílio Mieli, Ricardo Gerbelli, Sebastião Faria de Queiroz, João Gomes, Antônio Serafim Zampieri, Henrique Canever, Miguel Marotti, Dino Gabriel e Edmundo Francisco da Silva.

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: