Santo André estimula o descarte correto de lixo eletrônico

Sabe aquele celular velho que fica no fundo da gaveta, esquecido? Ou aquela TV antiga, de tubo, que não tem mais conserto, mas você também não sabe o que fazer com ela? Este tipo material pode e deve ser reciclado e, para estimular o seu descarte correto, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) promove neste Junho Verde a Semana dos Resíduos Eletroeletrônicos.

Entre 10 e 14 de junho, uma equipe da autarquia estará das 9h às 17h no Paço Municipal, em uma tenda montada entre os prédios da Câmara, Fórum e Prefeitura para receber este tipo de resíduo e iniciar uma nova etapa para estimular a destinação correta do lixo eletrônico na cidade.

Os materiais arrecadados serão encaminhados ao Projeto Lapidar, que vai atuar em parceria com o Semasa nesta ação. A entidade realiza trabalho social com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Lixo eletrônico – A iniciativa da autarquia também visa alertar os munícipes sobre os perigos que este tipo de produto apresenta, pois eles contêm diversos materiais tóxicos e prejudiciais à saúde humana, como chumbo, mercúrio e arsênio, em sua composição.

O lixo eletrônico, ou e-lixo, é um dos desafios da gestão de resíduos em todo o planeta, já que o número de dispositivos eletrônicos cresce a cada ano. Além dos males à saúde, os componentes químicos também são prejudiciais ao meio ambiente, com potencial de contaminação do solo e de cursos d’água.

De acordo com recente levantamento divulgado pela ONU, o mundo produz 50 milhões de toneladas de e-lixo por ano, sendo que apenas 20% deste montante é reciclado. Em Santo André, o Semasa estima que há um potencial de recuperação de aproximadamente 176 toneladas por mês de REE.

Um comentário em “Santo André estimula o descarte correto de lixo eletrônico

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: