“Uber” de patinetes chega ao Brasil atráves da VouD e Scoo

As patinetes elétricas da VouD e Scoo ganharam estações seguras. O sistema de transporte alternativo, com app para celulares Android e iPhone (iOS), agora disponibiliza instrutores nos postos para entregar capacetes e prevenir acidentes. A medida veio na esteira de polêmicas que envolveram falta de proteção no serviço e causaram cerca de 100 vítimas no Rio de Janeiro, com registros de janeiro a abril de 2019. As ocorrências podem ser um reflexo do aumento do uso desse tipo de plataforma, segundo as empresas elevou-se em 1268% os usuários, de dezembro a abril deste ano.

As duas empresas apostam em estações fixas com profissionais habilitados para dar instruções de funcionamento do aparelho e solucionar dúvida. Vale lembrar que ainda não há uma regulamentação para o novo estilo de locomoção. Até o momento, foram lançados quatro postos, distribuídos nas regiões da Vila Olímpia e Faria Lima, em São Paulo, conhecidas pelo número de empreendimentos comerciais. As atividades da VouD e Scoo se mantêm concentrada no eixo de Rio de Janeiro e São Paulo.

A Scoo, responsável pela gestão das patinetes, promete atender à necessidade de transporte urbano de forma segura, considerando motos, pedestres e carros. O objetivo é diminuir e prevenir possíveis casos de acidentes com o uso de seu aparelho.

O funcionamento oferecido pela plataforma VouD cobra o valor de R$ 4,30 para os primeiros 15 minutos de aluguel da patinete elétrica. Após o período, a taxa passa a ser de R$ 0,45 e o pagamento é realizado de forma nativa pelo aplicativo. Os interessados podem baixar de forma gratuita o software nas lojas oficiais da Google Play, para smartphones com sistema do Google, e App Store, dedicada a aparelhos da Apple.

Deixe uma resposta

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: